Gerenciamento de riscos

From TradWiki 2.0
Jump to navigation Jump to search

O gerenciamento de riscos faz parte do gerenciamento do projeto de tradução como um todo, além de ser considerado uma das boas práticas profissionais. Ele leva em conta as diversas precauções que o profissional de tradução e interpretação pode ter para garantir a não interrupção dos projetos e o bem-estar de sua equipe de trabalho e seus familiares em caso de qualquer imprevisto, seja de natureza tecnológica, algum problema de saúde ou acidente, por exemplo.

Precauções de natureza técnica[edit | edit source]

O uso de recursos técnicos é essencial no exercício da profissão do tradutor e do intérprete. Uma falha técnica, especialmente se resultar na impossibilidade de acessar arquivos e dados, pode ter consequências extremamente negativas profissional e financeiramente. É importante selecionar e configurar seu equipamento com cuidado e manter seus programas atualizados para garantir seu bom funcionamento. Mas problemas técnicos sempre podem surgir inesperadamente e a melhor maneira de lidar com isso é tomar medidas preventivas.

Backup[edit | edit source]

O primeiro passo para se proteger contra perdas irrecuperáveis é manter um backup do sistema e de todos os dados sempre atualizado. Há diversas alternativas para isso. É possível salvar seus dados, ou mesmo fazer um "espelho" do seu sistema em um HD externo. Com o auxílio de programas simples, como o Time Machine para Mac, o sistema operacional pode ser programado para fazer um backup automaticamente na frequência definida pelo tradutor.

Como qualquer outro recurso técnico, HDs também podem falhar, portanto vale a pena considerar a manutenção de uma segunda cópia em outro HD, ou em serviços de armazenamento de arquivos na nuvem. Estes serviços, porém, podem apresentar dúvidas quanto à questão da confidencialidade dos dados, tanto do tradutor quanto de seus clientes. Alguns serviços, como Wuala, oferecem garantia de que os arquivos armazenados são criptografados. Profissionais mais familiarizados com computação podem usar programas de criptografia de dados para proteger seus arquivos.

Quem usa mais de um computador, seja um desktop e um notebook, ou um computador em casa e outro no escritório, deve sincronizá-los regularmente, para garantir a unidade dos dados em todos os ambientes de trabalho.

Logins e senhas de acesso[edit | edit source]

Uma maneira de lidar com o desafio de gerenciar as diversas senhas usadas no dia-a-dia do profissional é fazer uso de programas gerenciadores de senha. Esses programas mantém um banco de dados criptografado com todas as senhas do usuário, de forma que é preciso lembrar somente da senha de acesso ao programa para acessar todas as outras senhas. Alguns programas, como o 1Password, oferecem, além disso, a opção de gerar automaticamente senhas e podem até ser configurados para alterar as senhas em intervalos regulares, aumentando a segurança.

Manter uma lista impressa das senhas pode ser arriscado, mas se ela for mantida em local muito seguro, conhecido apenas pelo tradutor, esta pode ser uma alternativa para garantir acesso em caso de problemas técnicos. É recomendável que uma pessoa de absoluta confiança do tradutor seja informada e tenha acesso ao local onde a lista se encontra, para o caso de uma emergência ou fatalidade.

Informações de contato[edit | edit source]

Contatos de clientes e parceiros devem ser mantidos atualizados, seja em planilhas Excel, em programas como Outlook, ou em programas de gestão de clientes (CRM).

Há programas gratuitos que podem ser baixados na internet. Outros com mais recursos, como o TO3000, permitem manter informações atualizadas sobre projetos em andamento, contato do cliente de cada projeto e contas a receber.

Contatos profissionais de emergência[edit | edit source]

Para se prevenir em situações de emergência, é recomendável que alguém de sua confiança tenha acesso a seus contatos profissionais, para que projetos não fiquem inacabados e seus clientes possam reagir adequadamente. Isso inclui também contatos de colegas que possam assumir os projetos, ou negociar com os clientes a melhor solução.

Principalmente para intérpretes, ter uma boa rede de contatos com colegas que trabalhem com as mesmas línguas pode ser essencial para reagir rapidamente em caso de doença súbita, por exemplo. Construir uma relação de confiança e trocar informações sobre serviços agendados é uma forma de estar preparado para encontrar alternativas em caso de necessidade.

Precauções de natureza pessoal[edit | edit source]

O tradutor precisa organizar também sua vida pessoa para lidar com imprevistos e garantir a continuidade dos seus negócios. É recomendável formar uma reserva financeira para cobrir períodos com menos serviços. Uma regra geral é ter uma reserva que corresponda a 3 - 6 meses de sua renda mensal aplicada em poupança ou em algum fundo que possa ser resgatado em curto prazo, caso necessário, sem perdas.

Boa alimentação, atividade física e vida saudável, de um modo geral, é o melhor investimento do ponto de vista pessoal. O tradutor autônomo depende de sua boa condição física e mental para continuar ativo. Para os intérpretes, principalmente, é fundamental cuidar da voz e fortalecer o sistema imunológico, para evitar rouquidão e resfriados súbitos.

Seguro de saúde[edit | edit source]

...

Lucro cessante[edit | edit source]

Lucros cessantes são prejuízos causados pela interrupção de qualquer das atividades de uma empresa ou de um profissional liberal, no qual o objeto de suas atividades é o lucro. O objetivo de um seguro contra lucros cessantes, portanto, é garantir a situação financeira do tradutor em caso de perda de lucro líquido e para cobrir as despesas fixas em caso de acidentes que prejudiquem as necessidades.

Risco de Crédito (trabalhar e receber)[edit | edit source]

O tradutor freelancer é uma empresa. Precisa, como tal, adotar medidas que previnam e evitem, no final do trabalho, a desagradável situação de... não receber!

Além das recomendações e precauções listadas a seguir, veja também como se precaver e o que fazer em caso de golpes, calotes e problemas com pagamento.

Antes de aceitar o trabalho[edit | edit source]

Um ditado antigo diz que "o combinado nunca sai caro". A melhor maneira de evitar problemas DEPOIS é combinar e documentar o combinado ANTES.

...

Conhecendo o cliente[edit | edit source]

Da mesma forma que uma loja nos pede uma ficha cadastral antes de vender, quando estamos do lado de dentro do balcão (vendendo nosso trabalho) precisamos conhecer o cliente. Nome, pessoa(s) de contato, telefone(s), endereço postal, email (cuidado com os 'genéricos").

...


Grupos de Apoio e Informação[edit | edit source]

Não temos o SPC/SERASA, mas por todo o mundo há vários grupos de troca de informações sobre as práticas de pagamento e contratação de empresas, agências e outros contratantes de serviços de tradução.

Payment Practices[edit | edit source]

O serviço Payment Practices (em inglês) agrega informações atualizada sobre um grande número de agências e outros clientes de tradução em todo o mundo.

ProZ Blue Board[edit | edit source]

O Blue Board, do ProZ (em inglês), lista os perfis e as notas dos contratantes de serviços de tradução que utilizam o ProZ.

Translation Ethics blog[edit | edit source]

O blog Translation Ethics (em inglês) traz uma "lista negra" de clientes de tradução.

No Peanuts for Translators[edit | edit source]

O blog No Peanuts! (em inglês) visa melhorar as condições de trabalho e a remuneração dos prestadores de serviços de tradução.


Contratos e Ordens de Serviço[edit | edit source]

Normalmente, com exceção de trabalhos muito grandes, não temos um contrato formal. É, porém, fundamental que tenhamos documentação que especifique os pontos fundamentais do serviço a ser prestado:

Tipo de trabalho (tradução, revisão, DTP...)
Unidade de cobrança (palavras, laudas)
Preço unitário e total
Forma de pagamento
Formato em que vem o documento e formato de entrega
...


E se...[edit | edit source]

Mesmo com todos os cuidados, sempre pode acontecer. O que fazer quando o cliente não paga? Consulte golpes, calotes e problemas com pagamento.